Conheça o Parque da Galheta

Conheça o Parque Municipal Arqueoastronômico da Galheta


O Parque Municipal da Galheta detém uma área total de 149,3 hectares, que abrange a Barra da Lagoa, toda a praia da Galheta e o morro que circunda até a Praia Mole. Esse trabalho é realizado por ecologistas, naturalistas e políticos, que tem como base a preservação de um dos maiores atrativos turísticos de Florianópolis. Com isso, foi criado o Parque Municipal da Galheta, pela lei 3455/90, que foi sancionada pelo Decreto 698/94. Esse cuidado com a preservação teve início nos anos 80, onde os movimentos naturalistas começaram a contestar o ramo imobiliário que viria a prejudicar uma das maiores belezas naturais da Ilha da Magia.


No Morro da Galheta, se encontram quatro tipo de ecossistemas que são baseados de acordo com sua constituição geológica e altitude: encostas de solos rasos, solos arenosos de baixa altitude, praia arenosa de mar aberto e costões rochosos que se estendem desde o estuário do Canal da Barra da Lagoa no mar até a Ponta do Caçador (localizada na extremidade norte da Praia da Galheta), passando pela Ponta da Galheta (localizada no extremo norte do maciço).

O diferencial desse lugar é o fato de estar relacionado aos equinócios (instante em que o Sol cruza o equador celeste, que se estende sobre as treze constelações que formam o Zodíaco). Interessante, né? Vale a pena passar pelo parque!

Além disso, você encontra três pedras com tamanho em torno de 3 metros que são nomeadas de A, B, e C. A pedra A repousa pela pedra B. Já a pedra C encontra-se cerca de 3 metros à leste das primeiras. Para quem for observar, é necessário se posicionar à oeste dessas pedras, próximo a uma parede rochosa, afim de que as três pedras formem uma pequena janela onde pode-se enxergar a linha do horizonte que atravessa o seu interior.

Se o observador se deslocar até a sua direita, essa “janela” se fechará, e se for para a esquerda, a janela irá se desfazer. Especificamente na direção da janela, o Sol nasce por ocasião dos equinócios (20- 21 de março ou 21-22 de setembro).

Para chegar ao parque é necessário se locomover até o Bairro Lagoa da Conceição, próximo à Praia do Mole, Barra da Lagoa, Praia Moçambique e Praia da Joaquina.

 

Por Ana Beatriz Rigueti – Estúdio AR

 

Procure pousadas Florianópolis SC , e encontre os locais mais indicados para conseguir ficar bem acomodado e ainda ter a oportunidade conhecer esse paraíso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *